Pages

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Jeremoabo: Rio Vaza Barris terá transposição do São Francisco

A transposição do Rio São Francisco, eixo sul, chegará a Bacia do Rio Vaza Barris e poderá ser a redenção jeremoabense

Rio Vaza Barris 3 - CpiaDentro de 30 (trinta) dias estará na rua o edital de licitação para contratar a empresa que fará o estudo de viabilidade do eixo sul da transposição do Rio são Francisco e que vai interligar o Velho Chico com a região dos rios Vaza Barris e Itapicuru, devendo ser batizado de Canal Água do Sertão Baiano, segundo informações do Ministro de Integração Nacional, Fernando Bezerra e do presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), Elmo Vaz.

O canal do Eixo Sul, que poderá ter entre 500 e 600 quilômetros de extensão e, segundo o ministro, partirá no Lago de Sobradinho, e poderá chegar até “os contornos da Região Metropolitana de Salvador”, passando por todo o semiárido baiano, ampliando sua extensão inicialmente prevista, indo até a bacia do Rio Paraguaçu.  Anteriormente, o eixo Sul previa apenas a perenização dos rios Itapicuru e Vaza Barris.
Bezerra disse que recebeu orientação da presidenta Dilma Rousseff para contratar os estudos e que entre quatro e seis meses deverá estar selecionada e contratada a empresa que prestará o serviço para elaboração dos projetos básico e executivo, e do Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto do Meio Ambiente (EIA-Rima). Esses estudos levam de 18 a 24 meses para a conclusão.
Fontes extra-oficiais, confidenciados a este site, estima em 142 milhões de reais, somente o custo destes primeiros levantamentos.
O RIO VAZA-BARRIS
O rio nasce na Bahia, na serra da borracha na cidade de Monte Santo próximo a Canudos, atravessa Sergipe de Oeste a Leste e deságua no Oceano Atlântico através de amplo estuário no povoado Mosqueiro. No estado da Bahia abrange uma área de aproximadamente 14.503 km2, inserido numa região onde ocorre o predomínio do clima Semi-árido, sendo os principais municípios no entorno da bacia: Uauá, Canudos, Jeremoabo, Antas, Adustina, Pedro Alexandre e Paripiranga.
O RIO ITAPICURU
O Rio Itapicuru nasce no Piemonte da Chapada Diamantina (região norte da Chapada Diamantina), próximo à cidade de Jacobina e seu curso segue no sentido Oeste-Leste, de forma praticamente perene durante o ano todo, fato relativamente raro nesta região. O Rio Itapicuru percorre o território de 54 cidades baianas sendo que 24 estão totalmente abrangidas e 30 apenas parcialmente, e passa pelas estâncias hidrominerais de Caldas do Jorro e Caldas de Cipó.

Fonte inicial: Bahia Econômica
Pesquisa: Pedro Son
Mais Informações: Jeremoabo Agora

0 comentários:

Postar um comentário