Pages

segunda-feira, 18 de março de 2013

Com vendas em alta, gravadora busca "sobras de estúdio" de Chorão

Um aumento de vinte vezes na vendagem do disco "Música Popular Caiçara" (2012), do Charlie Brown Jr, foi registrado nas lojas da rede Fnac depois que o cantor Chorão foi encontrado morto, no dia 6 de março. A rede não divulga a quantidade total de discos vendidos, mas o aumento condiz com a maior procura por discos da banda relatada por lojistas ao G1. Na quinta-feira (14), havia sete discos da banda entre os 200 mais vendidos no iTunes Brasil. Com vendas em alta, mais produtos do Charlie Brown - além do álbum de inéditas e a reedição dos primeiros discos - podem ser lançados . "Provavelmente vamos tentar resgatar alguma coisa que foi perdida, material de estúdio. Vamos começar essa pesquisa agora", diz por telefone ao G1 Luiz Garcia, diretor de marketing da EMI, gravadora que lançou os oito primeiros discos da banda.

A prioridade, antes de buscar material antigo de estúdio, segundo Garcia, é a reedição "fiel" aos originais dos dois primeiros discos, "Transpiração contínua prolongada" (1997) e "Preço curto... Prazo longo" (1999). Os dois álbuns estão entre os títulos do Charlie Brown que voltaram ao ranking do iTunes.A volta dos primeiros discos às prateleiras pode satisfazer a fãs que buscam material mais antigo. Mais Informações: Rede News Bahia
  

0 comentários:

Postar um comentário