Pages

quarta-feira, 27 de março de 2013

Seca que aflige a produção de feijão e milho em Adustina é tema de encontro em Salvador


Números da seca na Bahia são apresentados durante encontro em Salvador. Na agricultura, a produção anual do feijão em todo o estado é de 220 mil toneladas. Nas cidades de Irecê, Baixa Grande, Adustina, Ribeira do Pombal e Paripiranga tem a situação mais crítica, sendo que nessas regiões a plantação foi considerada totalmente perdida.

A Bahia é o 9º maior produtor de milho do país, alcançando 2 milhões de toneladas por ano. No ano passado, 90% da produção foi perdida, principalmente em Paripiraga, Adustina, Juazeiro e Paulo Afonso. No encontro entre os produtores rurais e lideranças agrícolas de municípios do semi-árido baiano, foi elaborado um documento que será enviado a presidenta Dilma, com propostas de ações que viabilizem a convivência com a estiagem

Mais Informarção: Adustina.Net

0 comentários:

Postar um comentário