Pages

terça-feira, 9 de abril de 2013

AÇÕES SECA: Secretário apresenta ações de convivência com a Seca na Faeb


As ações para convivência com a seca foram pauta da apresentação realizada, nesta terça-feira (9), no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), pelo secretário estadual da Casa Civil e coordenador do Comitê Estadual para Ações de Convivência com a Seca, Rui Costa. O objetivo foi apresentar aos agricultores um balanço das medidas realizadas ao longo dos seis anos do Governo Jaques Wagner, dentre ações emergenciais e estruturantes.

Foi traçado um panorama geral da situação das barragens em todo o estado. O secretário destacou, também, algumas marcas alcançadas pelo Governo, como a perfuração de 3.376 poços, a construção de 93.633 cisternas de consumo e 8.099 de produção e a implantação de 3.483 sistemas de abastecimento de água.
Dentre as grandes obras concluídas, foi citado o Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Guanambi, também conhecido como Adutora do Algodão, que teve investimento de R$ 100 milhões e beneficia 226 mil pessoas nos municípios de Malhada, Iuiú, Palmas de Monte Alto, Candiba, Pindaí, Matina e Guanambi. A segunda etapa do empreendimento está em processo de licitação e vai levar abastecer as cidades de Caetité, Morrinhos, Maniaçu, Lagoa de Dentro e Lagoa de Fora. Um investimento de aproximadamente R$ 24,9 milhões, que vai beneficiar mais 33.371 pessoas.
O secretário Rui Costa reafirmou as conquistas e marcas atingidas pelo Governo em seis anos de gestão, como a criação do Programa Água para Todos (PAT). “Mudamos o padrão estabelecido pelas gestões anteriores. Concluiremos o ano de 2014 com cerca de R$ 8,5 bilhões investidos em ações de democratização do acesso a água e em esgoto, o que representa a absoluta prioridade que esse tema tem para este Governo. Nunca se investiu uma quantia semelhante na história da Bahia”, declarou Rui.
O secretário ainda destacou novos projetos em andamento, como a construção de barragens e da Adutora do São Francisco. O projeto da adutora está em processo de elaboração e foi inscrito na 4ª seleção do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal. Quando concluída, a obra vai beneficiar cerca de 60 mil pessoas em 30 municípios das regiões de Juazeiro e Senhor do Bonfim.
Do encontro, também participaram o presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Elmo Vaz, e o secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles.
Venda em balcão – Em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Governo do Estado instalou mais oito polos de venda de milho a preço subsidiado. Eles estão situados nos municípios de Feira de Santana, Guanambi, Juazeiro, Conceição do Coité, Jequié, Paulo Afonso, Vitória da Conquista e Seabra.
Bolsa Estiagem – Segundo o secretário Rui Costa, com o anúncio feito pela presidenta Dilma Rousseff, no dia 2 de abril, durante a reunião da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), em Fortaleza, permitindo que novas famílias sejam cadastradas no Bolsa Estiagem,  a Bahia atingirá a marca de 200 mil beneficiários no programa. A presidenta também prorrogou o benefício até o quando perdurar a seca.

CASA CIVIL

0 comentários:

Postar um comentário