Pages

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Cientista alerta para novo tipo de gonorreia "pior que a Aids"

O cientista Alan Christianson, fundador do centro de pesquisa Integrative Health Care, alertou a comunidade médica para a existência de um tipo de gonorreia que pode matar mais que o vírus da Aids e cobrou urgência do Congresso do país para financiar a busca por medicamentos que possam combatê-lo.


Segundo Christianson, a "supergonorreia" H041 foi diagnosticada pela primeira vez em 2009. A doença chamou a atenção pela rápida proliferação e a resistência a medicamentos. "Esse tipo de gonorreia pode provocar mortes em poucos dias e é extremamente contagiosa. Há riscos maiores que os da Aids, pois é uma bactéria mais agressiva e que pode afetar muitos rapidamente. É um potencial desastre", justificou. Já houve casos confirmados em ao menos três diferentes regiões do mundo: na Noruega e nos Estados americanos do Havaí e da Califórnia. O Centro Americano de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), porém, nega que a enfermidade foi encontrada fora do Japão e desmente que já tenha causado alguma morte. Informações do Jornal do Brasil.


Rede News Bahia

0 comentários:

Postar um comentário