Pages

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Disputa de território entre Adustina e Fátima pode ganhar novos capítulos


Quem mora nas regiões de divisa do município de Adustina com Fátima, sabe que não é de hoje que esse dois municípios disputam uma boa parte de seus territórios na fronteira.

No Ano de 2007, o prefeito de Adustina José Aldo e o prefeito de Fátima José Messias foram a SEI, e firmaram acordo para delimitar as áreas dos dois municípios.
Ainda no mesmo ano, a prefeitura de Adustina providenciou a demarcação de algumas áreas que eram questionadas por Fátima, entre as áreas demarcadas, estava os povoados: Fárias, Aldeia, Marmelada e a Fazenda Santa Eugênia.
O mapa abaixo mostra o território adustinense, conforme a lei de criação do município e aceito pelo IBGE por dois Censos consecutivos, onde se concentram aproximadamente 110 famílias.
Apesar de Adustina prestar todos os serviços, que conforme a lei 12.057/2011, são fundamentais para definir de quem administrativamente é o território, Fátima ainda tenta questionar o inquestionável.
Na última segunda-feira, dia 06, o prefeito de Adustina José Aldo recebeu em seu gabinete os coordenadores da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), José Williams e Émerson Borges, acompanhados do prefeito Nego e mais oito vereadores da cidade de Fátima, que apresentaram possíveis pontos de marcação territorial.
O coordenador da SEI afirmou que nas regiões visitadas pode observar presença administrativa dos dois municípios e que apresentará no período de 60 dias um mapa com a proposta de divisão.
Não concordando com alguns pontos que foram apresentados, o prefeito de Adustina disse que vai se reunir com todos os vereadores de Adustina, buscando meios para garantir ao município o que já é seu por direito.
(Por: Blog da Associação ADSA)
 
Mais Informações: Adustina.net

0 comentários:

Postar um comentário