Pages

sábado, 25 de maio de 2013

São João: 77 cidades baianas receberão recursos do governo para realizar festa

São João: 77 cidades baianas receberão recursos do governo para realizar festa
Governador assinou liberação de recursos para os municípios |Foto: Divulgação
Setente e sete cidades do interior da Bahia contarão com a ajuda do governo do Estado para a realização do São João. A medida foi oficializada pelo governador Jaques Wagner (PT), após assinatura de um convênio nesta sexta-feira (24). “Este é um evento tradicional. Tem sido cada vez mais reconhecido no país, desde os sanfoneiros, os artistas, cantadores, todos que fazem parte de nossa cultura. Vamos contribuir com R$ 3,75 milhões para a festa. Ano que vem queremos ampliar este investimento”, afirmou. Segundo o governo, os municípios foram selecionados a partir de critérios como população, tradição da festa, estrutura e capacidade de atração de fluxo turístico. Entre os contemplados estão Amargosa, Abaíra, Mucugê, Rio de Contas, Cardeal da Silva, Jequié e Uibaí. Por conta da seca e do déficit orçamentário, algumas prefeituras cancelaram os festejos juninos deste ano. Entre as cidades que não contarão com eventos promovidos pelos órgãos municipais estão Serra Preta, Itamaraju, Guanambi e São Gonçalo dos Campos. Senhor do Bonfim, que tem um dos mais tradicionais festejos no estado, terá a comemoração reduzida. Durante a assinatura do convênio, o governador reconheceu os efeitos da estiagem e os reflexos nas festas juninas no interior. "Sabemos das dificuldades de algumas cidades que estão sofrendo com a seca, por isso estamos trabalhando para minimizar os problemas, oferecendo o Bolsa Estiagem, Garantia Safra, construção de adutoras, entrega de equipamentos e muitas outras ações”, disse. De acordo com estimativas da Secretaria Estadual do Turismo, cerca de 500 mil pessoas deixam a capital baiana para aproveitar os festejos juninos no interior do estado. Somente o turismo interno injeta R$ 150 milhões na economia da Bahia durante o São João, segundo a pasta. 
 
Bahia Notícias

0 comentários:

Postar um comentário