Pages

sábado, 29 de junho de 2013

Jeremoabo realiza também sua manifestação

Jeremoabenses aderem ao Movimento nacional e realizam caminhada

Manifesto Jeremoabo 3Aliando-se ao movimento nacional de lutas, Jeremoabo também fez a sua caminhada cívica nesta quarta (26.06). O início foi na Praça da Rodoviária com o percurso continuando pelas ruas principais da cidade e chegando até a Câmara Municipal depois e fazer uma parada na Prefeitura Municipal.
Recebemos uma missiva com a justificativa da paralisação, emitida por George Siqueira, que transcrevemos: “É de conhecimento geral que nosso país está passando por um processo progresso, os últimos acontecimentos vem mostrando que o povo quer que a República Federativa do Brasil seja realmente um Estado Democrático de Direito e não esta democracia de faz de conta que temos. Nossa democracia é representativa, ou seja, através dos nossos representantes externamos a nossa vontade, a vontade do povo. Mas aí nos perguntamos PEC 37, PEC 33 interessa realmente ao povo? Claro que não. Diante disso, nós estudantes de Jeremoabo resolvemos apoiar a manifestação lá em cima e pegando um gancho para fazer algumas críticas em âmbito municipal, estadual e federal. Nosso movimente é apolítico, nosso partido é por melhorias em Jeremoabo.”
Na pauta consta temas como Transporte dos Estudantes de Nível Superior (Lei nº 12.816/13); Corrupção; Arquivamento da PEC 33; Mais Acessibilidade e Educação Inclusiva; Funcionário Público Municipal 4 anos sem aumento salarial; Mais Educação; Mais Segurança Publica; Mais Saúde; Queremos a BR 235; Queremos a Escola Agrícola; Custo altíssimo de vida; Protestar contra a falta de respeito dos bancos e – Queremos vida para o Vaza Barris.
O movimento foi pacífico e não teve muita participação popular embora os líderes estimem em 200 (duzentos) participantes. Algumas pessoas que testemunharam, alheias ao movimento,  estimam em 80 (oitenta) participantes.
Volto a publicar o meu pensamento pessoal sobre o movimento:
Sociologicamente ainda não se interpretou corretamente esse movimento espontâneo e inusitado que nasce do descrédito do povo brasileiro nas instituições públicas e políticas! Os partidos políticos jamais serão o mesmo, pois recebem uma resposta inequívoca de que já não mais representam o sentimento da massa! O cuidado é que tem muita gente agora querendo pegar uma carona ou confundindo o movimento com nuances políticas partidárias, dentro de um processo de jogar descrédito nas manifestações que ocorrem. Finalmente, Na época das diretas já o que mais se comentava era que “é preciso ouvir as vozes roucas que vem das ruas”, muita gente não soube ouvir e dançou. Esse momento agora é assim também! Ou se ouve essas vozes ou a coisa vai empenar para todo lado!

Fonte www.jeremoabo.com.br

Mais Informações: Jeremoabo Agora

0 comentários:

Postar um comentário