Pages

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Militantes do PT são hostilizados e abandonam passeata na Avenida Paulista


O ato para comemorar a redução da tarifa do transporte coletivo nesta quinta-feira em São Paulo dá sinal claro de uma polarização entre quem defende a presença de partidos políticos e entre os que querem simplesmente reivindicar por um “Brasil melhor”. Ao longo da passeata na Avenida Paulista militantes do PT, PSOL, PSTU e PCO, além de movimentos como o MST, CUT e UNE, foram hostilizados. Houve briga entre grupos partidários e manifestantes, bate-boca e xingamentos. Depois de quase duas horas de provocações, os partidos começaram a abandonar o ato. Segundo a Polícia Militar, cerca de 100 mil pessoas participaram do ato.
A maior hostilização deu-se com o PT, que era o maior grupo com cerca de 500 pessoas. Assim que se juntaram aos manifestantes, os petistas foram recebidos com vaias e xingamentos de “mensaleiros”. Os petistas reagiram esticando bandeiras e sob gritos de “democracia”.(O Globo)

Mais Informações: Notícias Livre

0 comentários:

Postar um comentário