Pages

terça-feira, 23 de julho de 2013

Sonhando acordado: “Jaques Wagner vai lançar meu nome para governador”, diz Marcelo Nilo


O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Marcelo Nilo (PDT) já se colocou como o candidato do governador Jaques Wagner nas próximas eleições, derrubando qualquer adversário. Em entrevista ao programa Se Liga Bocão, da Rádio Itapoan FM, na noite desta segunda-feira (22), o parlamentar afirmou: “Tenho certeza que o governador vai lançar meu nome”.

A disputa está acirrada. No PT são quatro pré-candidatos: Walter Pinheiro, Rui Costa, José Sérgio Gabrielli e Luiz Caetano. No PSB, o nome é Lídice da Mata. Quem também disputa é o secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, pelo PSD.

Ainda assim, o deputado está confiante. “O governador quer montar o melhor time para ganhar as eleições e assim ele vai analisar quem tem mais chances de ganhar, independente do partido. É por isso que eu tenho plena confiança de que essa pessoa sou eu. Eu só retiro meu nome se esse candidato for melhor que eu”.

Nilo ainda limou a possibilidade de aceitar a proposta de ser vice na chapa petista. “Vice é um cargo decorativo. Tem a caneta sem tinta na mão”. E ainda acredita que irá passar pelo crível do partido. “O PT tem a preferência, mas eles não terão a exclusividade. Se eu tiver melhores condições políticas eu tenho certeza que o PT vai lançar meu nome”.

Questionado se as ocupações dos policiais militares e dos professores na Alba podem afetar a sua candidatura, o presidente acredita que não. “Eu sou presidente há quatro mandatos e nesse tempo recebemos todos os movimentos sociais. Abrimos a Casa para que todos fossem ouvidos, o que não acontecia nos velhos tempos que ninguém conseguia ocupar aquele espaço por mais de meia hora. Mas naquele momento eu dialoguei por diversas vezes com os dois movimentos para que desocupassem o local, pois os funcionários precisavam trabalhar e a Casa manter suas atividades e não podiam ficar ali por tempo indeterminado. Mesmo assim não acredito que isso irá prejudicar”.

Em relação à união das oposições para a construção de um projeto sólido e viável no ano que vem para tirar o PT do Governo do Estado, Nilo garante que o plano não se efetiva. “A oposição não está se desenvolvendo, até porque os candidatos continuam com o mesmo eleitorado de três anos atrás. Geddel e Paulo Souto não cresceram em nada”.

Um dos defensores de que Nilo lance sua candidatura a qualquer custo é o deputado federal Félix Mendonça Jr. O pedetista afirmou que ou Nilo sai ao governo ou sequer se coloca como possibilidade.

Bocão News
 
Fonte: Carlino Souza

0 comentários:

Postar um comentário