Pages

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Analfabetismo na Bahia cai de 19% para 14% entre 2006 e 2011

Analfabetismo na Bahia cai de 19% para 14% entre 2006 e 2011
A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) divulgou nesta quinta-feira (22) resultados locais da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Educação, que analisa os principais indicadores educacionais da Bahia entre 2006 e 2011. Segundo o boletim, a taxa de analfabetismo no período diminuiu de 19% para 14%; a presença de jovens de 15 a 17 anos na escola aumentou de 79% para 84% e a proporção de crianças de 7 a 14 anos da zona rural no ensino fundamental aumentou de 93% para 96%. O diretor de pesquisas da SEI, Armando Castro, credita os dados positivos ao programa Bolsa Família, "por condicionar o benefício à presença das crianças na escola". “De modo geral, a escolaridade do baiano tem aumentado ao longo do tempo, pois a diferença entre demanda e oferta no sistema educacional tem sido cada vez menor, deslocando o problema da educação para a questão da qualidade da oferta”, completou. Ainda segundo a pesquisa, em 2011, cerca de 1,5 milhão de pessoas, de 15 anos ou mais, não sabiam ler nem escrever na Bahia, 313 mil a menos que o início da pesquisa.  
 
Bahia Notícias

0 comentários:

Postar um comentário