Pages

domingo, 4 de agosto de 2013

Pedido de Créditos Suplementares foi aprovado com Emenda pelos os Vereadores de Adustina


sessão da câmara de vereadores
A Câmara Municipal de Vereadores de Adustina aprovou nesta sexta, 02, por unanimidade o projeto de lei que abre Créditos Suplementares, de autoria do Chefe do Poder Executivo, porém, foi aprovado pelos os cinco vereadores opositores com Emenda. Na abertura dos trabalhos, o presidente da Casa Legislativa, Francisco Gilberto Silva Oliveira, concedeu logo a palavra ao prefeito José Aldo Rabelo de Jesus, para que o mesmo explanasse a população de Adustina o pedido da Suplementar, estimado no valor total de 7.452.000,00 (sete milhões quatrocentos e cinquenta e dois mil reais) para diversas dotações orçamentárias.
Em seu pronunciamento, o prefeito Zé Aldo explicou sobre a importância do pedido da suplementar e ressaltou a necessidade de se ter dotação  para que possa elaborar projetos e assinar convênios com o governo estadual e federal. Como exemplo, o prefeito citou a construção do estádio municipal, a quadra poliesportiva que será construída no povoado São Francisco e outra quadra na sede (através do FNDE), pavimentação e melhoria de várias ruas e avenidas da cidade, cobertura da praça da feira, modernização da Avenida ACM e ampliação do cemitério municipal.

Sobre a construção do estádio municipal, o prefeito comentou da existência de uma Emenda Parlamentar de autoria do deputado federal Lúcio Vieira Lima empenhada no valor de 530.000,00 (quinhentos e trinta mil reais).
sessão da câmara de vereadores.JPG 02
Após o discurso do prefeito, o presidente Francisco Gilberto colocou em votação o projeto de Lei nº 002/2013 e uma Emenda na qual só foi citado publicamente por um dos parlamentares a aprovação de 100% destinada na área da saúde. Em outras áreas como educação, esporte, lazer, assistência social e infraestrutura, houve redução do pedido, sendo que os valores não foram divulgados.
(Por: Adustina.Net / Informações do Blog da Associação ADSA)

0 comentários:

Postar um comentário