Pages

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Confirmado: Após 30 anos de sucesso, Bell deixa a banda Chiclete com Banana

Enlarge font
image Agora, o cantor Bell Marques vai seguir carreira solo
Confirmado. O cantor Bell Marques vai seguir carreira solo. O artista confirmou a informação ao apresentador Zé Eduardo, na loja Ana Import. Bastante emocionado, Bell explicou o fim da parceria que fez história no Carnaval da Bahia e construiu um sucesso de 30 anos.
"É decorrente de um desgaste natural na banda. Tenho amizade com todos, com meu irmão, mas não estava tendo o prazer mais de tocar. Quero revigorar", afirmou. 

O artista vai galgar novos projetos e desafios, já com novidades à vista. A experiência acumulada e a trajetória do cantor na maior festa popular do planeta já o fez abrir uma produtora que irá gerir sua carreira e a dos filhos, Pipo e Rafa Marques, que detêm a Oito7Nove4.
 
Bell já prepara um vídeo que será postado na rede social do Chiclete e direcionado aos fãs. Desde a manhã desta terça-feira (10), o site Bocão News trouxe à tona a especulação sobre a saída do cantor, além dos possíveis nomes cogitados para o cargo.

Entre os artistas da fila estão o cantor Topeira, da Banda 5% e o cantor Rafa Chaves, da banda Via Circular. Toperia já tem a experiência de puxar o bloco Nana Banana às quintas. Rafa assumiu, recentemente, o lugar de Levi Lima e já é destaque entre os novos artistas do cenário musical baiano. Rei e Wadinho serão os timoneiros do Chiclete. 

Mas, a folia do ano que vem ainda com Bell no comando do 'tiranossauro rex' está garantida. Os foliões só não poderão contar mais com o Voa Voa, que deixa de desfilar na Avenida. Bell Marques irá se despedir na terça de Carnaval, no bloco Camaleão, direto do circuito Barra-Ondina. 

Bell: Foi a decisão mais difícil da minha vida
Bastante emocionado, o cantor Bell Marques falou com exclusividade com o apresentador Zé Eduardo, na manhã desta terça-feira (10), e confirmou a saída da banda Chiclete com Banana.

Segundo o artista, há quatro anos esta idéia já era trabalhada com os músicos e familiares, já que de acordo com Bell, o fim da parceria "é decorrente de um desgate natural na banda. Tenho amizade com todos, com meu irmão, mas não estava tendo o prazer mais de tocar. Quero revigorar", afirmou. 

Bell revelou que iria fazer o anúncio no Reveiilon deste ano. Mas, protelou. Depois escolheu uma nova data, o São João. Mas, aí, protelou novamente. "Foi a decisão mais difícil da minha vida e choro todos os dias", afirmou, dizendo receber o apoio da família, principalmente dos filhos - Pipo e Rafa Marques da Oito7NOve4 e da esposa, Aninha Marques. "Somos uma família. Eu, meu irmão, a banda. Mas, preciso revigorar e já pensava em um projeto novo, em mudança. Por isso, terei uma banda nova, músicos novos", ressaltou, já confirmando que a negociação da saída dele teve o martelo batido.

Bell não sabe dizer como ficará o destino do bloco e dos projetos ligados ao Chiclete. Mas, torce para que o produto - cuja marca e o nome partiram dele, siga em frente e dê tudo certo. "Eu e o Chiclete é como se fosse um casamento. Tem altos e baixos e, naturalmente desgasta. O importante é que cada um siga o seu caminho", comparou, bastante emocionado.

O cantor, que está à frente da banda há 30 anos, ainda organiza a nova empreitada que terá início em 2014. Bell falou em vida nova, já garantindo que a essência e energia chicleteira seguem com ele. 

Mais Informações: Interior da Bahia

0 comentários:

Postar um comentário