Pages

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Habitação: Moradores de Irecê recebem mais 244 unidades do Minha Casa, Minha Vida



A inauguração do Loteamento Professora Ieda Dourado II, em Irecê, no semiárido baiano, beneficia 976 pessoas do município. A entrega das 244 unidades habitacionais do programa ‘Minha Casa, Minha Vida II/Moradia Digna’ foi nesta sexta-feira (27), em solenidade com a presença do governador Jaques Wagner, que também assinou ordem de serviço que autoriza a implantação do sistema de esgotamento sanitário do município de Central, na mesma região. Em toda a Bahia, o número de unidades do ‘Minha Casa, Minha Vida’ entregues e contratadas supera a 122 mil moradias.
Com investimento de R$ 11,5 milhões, provenientes do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), as casas do Loteamento Professora Ieda Dourado II possuem área construída de 46,17 metros quadrados, em lotes de 107 metros quadrados, num valor estimado de R$ 47 mil, sendo oito unidades adaptadas para portadores de necessidades especiais. Os imóveis são compostos de dois quartos, circulação, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, e todos os ambientes contam com piso de cerâmica.
“Irecê ganha mais cidadania para as famílias humildes e para as de quem esteve empregado durante as obras, e este é um programa fundamental, graças à parceria entre as prefeituras e os governos federal e estadual”, afirmou o governador.
O residencial é equipado com infraestrutura completa, pavimentação, redes de água, esgotamento sanitário, drenagem, energia elétrica e disponibilidade de acesso ao transporte público. A estrutura do condomínio dispõe ainda de centro comunitário, parque infantil e quadra de areia.
Aos 64 anos, a aposentada Sidelci da Costa finalmente conseguiu sair do aluguel. “Esperei por isso por toda a minha vida, e agora receber a casa é uma realização para a minha família”.
Saneamento em Central - Orçado em R$ 8,8 milhões, a implantação do sistema de esgotamento de Central será realizada por meio de parceria entre a Embasa e a Codevasf, beneficiando 12 mil habitantes do município.
O investimento prevê a implantação de 19,4 quilômetros de rede coletora e condominial, três estações elevatórias e uma estação de tratamento, além de nove quilômetros de ramal predial.
Inclusão produtiva
Durante o evento, associações de municípios do Território de Identidade de Irecê receberam kits de irrigação familiar e apicultura da Codevasf. A companhia também emitiu ordens de serviço e uma autorização de licitação para a realização de ações de revitalização do meio ambiente.
Os beneficiados pelos 156 kits com capacidade para irrigar áreas de até 500 metros quadrados são famílias que se encontram em situação de extrema pobreza e que possuem condições de usar o equipamento, com experiência em atividades agrícolas, área própria para cultivo e fonte de acesso à água. Instituições parceiras da Codevasf serão responsáveis por prestar assistência técnica aos produtores. Os municípios beneficiados são Irecê, João Dourado, São Gabriel, Riacho de Santana, Santa Maria da Vitória, Bom Jesus da Lapa, Serra do Ramalho, Correntina e Seabra.
Para as 20 mulheres que compõem a Associação Comunitária de Variante, no município de São Gabriel, 16 kits de irrigação vão permitir dobrar a produção de hortaliças. “Vai melhorar bastante para todas nós, porque a água está escassa e tínhamos apenas dois kits de irrigação”, disse a presidente da associação, Marilange de Oliveira.
Já a produção familiar de mel de sete municípios da região recebeu o incentivo de 230 kits de apicultura, distribuídos a associações locais. Cada kit é composto por colmeias, luvas, botas, macacões, fumigador e outros itens necessários à apicultura. Entre os critérios observados para a distribuição dos kits, está o de que a família beneficiada se encontre em situação de extrema pobreza e tenha aptidão para a apicultura. Assim como no caso do apoio à agricultura, instituições parceiras prestarão assistência técnica aos apicultores. Os beneficiados vivem nos municípios de América Dourada, Central, Ibititá, Irecê, Lapão, São Gabriel e Uibaí.
O presidente da Codevasf, Elmo Vaz, destacou que outras ações em parceria com o governo da Bahia reforçam os investimentos em infraestrutura e saneamento na região. “São ações com as quais buscamos empreender a revitalização e a preservação do meio ambiente e da água do Rio São Francisco”.
Com o objetivo de proteger e revitalizar a bacia hidrográfica do São Francisco, a Codevasf emitiu autorização de licitação para as obras das centrais de resíduos sólidos dos municípios de Ibipeba, Gentio do Ouro e Itaguaçu da Bahia. O investimento, de R$ 14,6 milhões, beneficiará 40,8 mil pessoas.
Também foi assinada ordem de serviço para a execução de estudos de alternativas para a revitalização do Rio Jacaré, na região de Irecê. Os estudos devem indicar ações capazes de tornar o rio perene. A revitalização do Jacaré tem potencial para beneficiar com oferta de água 450 mil pessoas que moram em 23 municípios.

Fonte: http://www.comunicacao.ba.gov.br

0 comentários:

Postar um comentário