Pages

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

MINISTRO DE CUBA ACOMPANHA TRABALHO DE MÉDICOS QUE ATUAM NA BAHIA




Profissionais cubanos que atuam na Bahia, por meio do Programa Mais Médicos, receberam nesta quarta-feira (13) a visita do ministro da Saúde de Cuba, Roberto Morales Ojeda, e do secretário da Saúde do Estado, Jorge Solla. A comitiva esteve nos Postos de Saúde da Família (PSF) das cidades de Adustina, Sitio do Quinto e de povoados da região do semiárido baiano. 
Eles acompanharam de perto a rotina dos médicos que trabalham na Atenção Básica de Saúde, principalmente nas zonas rurais, onde a presença dos profissionais fazem toda a diferença. A dona de casa Nailza Santos disse que confia no trabalho da equipe médica de Bom Jesus, povoado de Adustina. 
Depois de ter acompanhado a avó no consultório levou o filho para fazer exames. Para ela, a diferença entre os idiomas se traduziu em cuidado. “Muito bom ter um médico aqui pra cuidar da gente. Ele entende o que a gente fala, nos trata muito bem, com atenção. É ótimo”.
Na Bahia trabalham 320 médicos cubanos em 144 municípios e Ivedt Piloto Lopez faz parte desta equipe. “Aqui, não fazemos apenas atendimento em consultório. Nós visitamos as famílias que possuem idosos, pessoas com dificuldade de locomoção, grávidas e outras pessoas que não podem vir ao posto. Um trabalho feito com muita responsabilidade e cuidado com os moradores. Afinal, somos responsáveis por atender cerca de 500 famílias da região”. 
Avaliação positiva 
De acordo com o secretário Jorge Solla, até o final do ano mais 350 médicos cubanos devem chegar ao estado. Ele também destacou a atuação dos profissionais. “É muito positivo, com apenas 45 dias de trabalho dos primeiros profissionais que chegaram, ter uma avaliação extremamente positiva por parte dos colegas, das equipes, dos agentes comunitários, dos pacientes, dos prefeitos e secretários municipais”. Ele aproveitou para parabenizar todos os médicos que vieram colaborar para o fortalecimento da Atenção Básica. “O impacto é fantástico e as visitas que fizemos hoje com o ministro me deixaram ainda mais animado com os resultados positivos”. 
Roberto Morales Ojeda afirmou que está satisfeito com o trabalho dos médicos e que, de acordo com o que observou, acredita em melhores resultados nos índices de saúde da Bahia. “Dá pra constatar a satisfação da população atendida e o impacto nos indicadores de saúde desta população, que é resultado de todo um trabalho, de um bom diagnóstico e de uma boa orientação terapêutica”.  
Fonte: SECOM - BA
Foto: Rodrygo Ferraz

0 comentários:

Postar um comentário