Pages

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Professores da rede municipal de Lagarto paralisam por quatro dias


Professores da rede municipal de Lagarto decidiram em assembleia nesta segunda-feira (4) por uma paralisação de quatro dias letivos a partir desta semana. A categoria reivindica principalmente o pagamento de dívidas correspondentes ainda ao ano passado, como décimo terceiro e o salário referente ao mês de dezembro.
Os professores cruzam os braços a partir da próxima quinta-feira (7) e segue até a segunda (11), tendo o sábado (9) também paralisado, já que a data está configurada como dia letivo. Um ato está programado para o primeiro dia de paralisação, terminando em frente à prefeitura de Lagarto.
“Nós vamos fazer uma passeata, mas estaremos cobrando do prefeito a proposta do passivo”, afirmou o coordenador do SINTESE em Lagarto, Nazon Barbosa, sobre tentativa de diálogo com Lila Fraga para liquidar as dívidas da prefeitura com os professores.
Ainda de acordo com Nazon, a classe também protesta contra a abertura de processos administrativos contra quase cem professores para redução das 200h, que vão entrar com ação na Justiça, já que todos perderam o processo, e reivindica também o cumprimento do acordo do município com o Ministério Público de repassar a folha analítica para a instituição jurisdicional.
Segundo o coordenador, além dos problemas já mencionados, os profissionais também reclamam o pagamento do salário de outubro, que está em atraso. Ele afirmou que na segunda-feira de paralisação haverá assembleia para avaliar os quatro dias parados, podendo até mesmo o sindicato deflagrar uma greve.


0 comentários:

Postar um comentário