Pages

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Sem socorro, mulher faz parto da vizinha; Samu rebate acusação


Uma mulher fez o parto da vizinha dentro de casa, no começo da tarde desta quarta-feira, 27 de novembro, na cidade de Porto Seguro. Moradores da Rua Vivaldo Rêgo, no bairro Parque Ecológico, disseram que Jaqueline Oliveira, 25 anos, começou a sentir dores por volta das 10h da manhã.
Eles contam que ligaram para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas uma ambulância não foi enviada. Os vizinhos tiveram que fazer o parto de Jaqueline em um colchão improvisado na sala da casa.
O coordenador geral do Samu, médico Carlos Sarquis, rebate a acusação. Segundo Sarquis, a primeira ligação foi recebida às 13h12. De acordo com ele, foi um chamado tranqüilo. A pessoa que ligou informou apenas que Jaqueline estava com nove meses e sentindo contrações.
'Como não havia risco para a gestante e o bebê o médico regulador orientou que a mulher fosse transportada ao hospital em um veículo comum', frisou. Ainda de acordo com Sarquis, 27 minutos depois o Samu recebeu outra ligação, desta vez informando que o bebê já tinha nascido.
'Aí foi enviada uma equipe para cortar o cordão umbilical, retirar a placenta, realizar outros procedimentos e levar a paciente até o hospital', frisa o coordenador do Samu.
O médico declarou ao RADAR 64 que quando alguma gestante liga dizendo que está sentindo dores é orientada a ir com transporte comum para o hospital.  Caso o Samu seja informado sobre alguma intercorrência, como hemorragia, perda de líquido ou o feto sem movimento uma equipe é deslocada. Mãe e criança passam bem.

Sul Bahia News

0 comentários:

Postar um comentário