Pages

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Marcelo Nilo mantém candidatura ao governo, mas admite negociação

Marcelo Nilo mantém candidatura ao governo, mas admite negociação
Foto: Alexandre Galvão/ Bahia Notícias
O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Marcelo Nilo (PDT), afirmou em entrevista ao jornal A Tarde que deseja governar o Estado, mas que negociaria com o governador Jaques Wagner a função de vice na chapa majoritária. Wagner já definiu "dois terços" da chapa, com o lançamento dos nomes do chefe da Casa Civil da Bahia, Rui Costa (PT), como candidato petista ao governo, e do vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar (PSD), como postulante à vaga no Senado. "Continuo com minha candidatura a governador e o PDT espera ser chamado por Wagner. Ele é o técnico, é a maior liderança política da Bahia, tenho um apreço enorme por ele, mas mantenho minha candidatura, pois não fomos chamados", disse Nilo. Segundo o deputado, as negociações quanto ao seu nome para integrar a chapa majoritária como vice devem partir do governador. "Sou candidato a governador, respeito a liderança do governador Jaques Wagner. Se ele nos convidar para compor a chapa nos levaremos ao partido e ele decidirá", esclareceu. Nilo também afastou a ideia de estar dividindo o campo governista com a manutenção de sua candidatura ao governo. "Lancei minha candidatura em janeiro. Não é divisionista porque não sou liderado do PT, sou parceiro", esclareceu. 
 
Bahia Notícias

0 comentários:

Postar um comentário