Pages

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Operação conjunta entre vigilância sanitária e polícia civil apreende carne de abate clandestino na zona rural de Tucano


1800406_701806733174024_2123603732_nUma operação conjunta entre  o Departamento  de Vigilância Sanitária  de Tucano e  a Polícia Civil, apreendeu  na manhã desta sexta-feira dia( 7), 180 quilos de carne  bovina, proveniente de abate clandestino. A operação aconteceu por volta das 7h30min, na localidade de Boqueirão da Cacimba, na zona rural  do município.

Segundo informações  de prepostos  do Órgão, uma  denúncia  anônima, levou os  mesmo a localizar uma  roça  nas proximidades  do  Buraco do Vento,  a qual era utilizada como matadouro clandestino. Ainda  de  acordo  com as informações,  a equipe da vigilância, juntamente  com os agentes da polícia civil, chegou à referida propriedade, no momento em que um bovino  já havia sido abatido e  estava sendo retirado o couro.

.

Ainda  durante  a operação, os  agentes  interceptaram um veículo (Pick-up Strada), que seguia para o distrito de caldas  do Jorro, em atitude suspeita, e ao ser revistado, foi encontrado na carroceria do mesmo, sem  nenhuma condição de higiene, quatro  bandas  de boi.

Todo produto foi apreendido e os supostos  donos, bem como um rapaz  que   era incumbido de abater os  animais, foram conduzidos  para a Delegacia, para  serem  adotadas  as medidas  cabíveis. A mercadoria  foi inutilizada  e  em seguida  incinerada  no  aterro sanitário  do município. Os envolvidos  não tiveram os nomes  divulgados.

A Vigilância Sanitária informa que intensificará as ações de fiscalização no combate ao   abate clandestino.

1011763_701806429840721_1597390595_n 1239363_701807699840594_350506932_n 1604951_701808033173894_1852584841_n 1622112_701806916507339_1383581594_n 1781929_701807536507277_498306023_n 1800406_701806733174024_2123603732_n 1901460_701808159840548_2005513561_n
Texto>> Gil Santos / fotos – Irineu Neto e Emídio Hilário

0 comentários:

Postar um comentário