Pages

segunda-feira, 3 de março de 2014

Carnaval de Salvador registra queda no número das principais ocorrências

O Carnaval de Salvador segue em ritmo de tranquilidade, com o número de ocorrências graves menor do que no ano passado. No acumulado de quinta-feira (27 de fevereiro) até domingo (2), foram registradas pela polícia 110 lesões corporais contra 161, no mesmo período do ano passado, uma redução de 31,7%. Os números foram apresentados na manhã desta segunda-feira (3), durante a reunião de avaliação das ações, realizada diariamente no Quartel dos Aflitos, em Salvador.
Houve redução também no número de furtos, que caíram 36%, sendo 357 em 2014, contra 558 no mesmo período de 2013. Os roubos diminuíram 9%, com 59 em 2014 e 65 no ano passado. Foi registrado ainda um homicídio, mesmo número de 2013, e nenhuma tentativa de homicídio, contra dois no ano passado.

Aliado à queda de ocorrências, foi registrado o aumento da produtividade policial, que este ano já conduziu 887 pessoas para averiguação, das quais 52 foram presas em flagrante. Também foram apreendidas 20 armas, entre brancas e de fogo. Em 2013 foram feitas 577 conduções e apreendidas 18 armas, aumento de 54% e 11%, respectivamente.

O domingo (2) foi tranquilo, sem homicídios ou tentativa de homicídio. Foram registradas sete lesões corporais, 72 furtos, onze roubos, 302 pessoas conduzidas, 13 presas em flagrante e duas armas brancas apreendidas. 

Região metropolitana e interior

O domingo também foi de poucas ocorrências no interior, com sete lesões corporais, 46 furtos, apenas um roubo, nenhum homicídio e uma tentativa de homicídio em Barreiras, na região oeste do estado.

Na madrugada desta segunda-feira, por volta da 0:30h, após o fim do carnaval da cidade na Praça Martiniano Maia, oito pessoas foram baleadas por um homem não identificado que atirou aleatoriamente. Sete pessoas ficaram feridas e uma morreu. 

Breno Sampaio Sena, de 22 anos, foi socorrido para o Hospital Geral do Estado, onde passou por cirurgia, mas não resistiu. As outras vitimas foram Regiane de Jesus Oliveira, Edna de Jesus Oliveira, Carlos André Carvalho, Givaldo Santana Marcelino, Lara Freitas de Oliveira, Maria Zenilda da Silva Pereira e José Gomes Leocaldio de Lima. A polícia está investigando o caso à procura do autor dos disparos.

...........................................................................................................

Secom  - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia
www.comunicacao.ba.gov.br

0 comentários:

Postar um comentário