Pages

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Especial: Cidade de Adustina completa 25 anos de história e Emancipação Política

Foto: Elton Pinho / Adustina.Net
Praça da Igreja Matriz de Adustina
No dia 5 de abril de 1989, com a emancipação política, nascia a promissora cidade do interior baiano com o nome de Adustina, que mais tarde se tornaria conhecida como uma das grandes exportadoras de feijão e milho do estado da Bahia. Para homenagear o aniversário, nós do site Adustina.Net preparamos para você leitor, uma humilde homenagem para comemorar mais um ano de vida da nossa querida cidade.

Visão aérea da cidade de Adustina - (Foto: Roberto Vasconcelos)
Visão aérea da cidade de Adustina – Ano de 2014.
Veja agora um pouco dessa história, viaje no tempo junto conosco através de fotografias e de fatos históricos relevantes que de uma forma ou de outra marcaram época na vida de muitas famílias. Vamos reviver um pouco do desenvolvimento social e cultural de Adustina, histórias que ficarão para sempre em nossa lembrança.
Vamos fazer esta viagem ao passado juntos…
Praça Maria José de Jesus, localizado o Banco do Brasil.
Antiga Praça Ruy Barbosa, hoje Maria José Ribeiro, localizado na Praça do Banco do Brasil.
Na época, iniciou-se a povoação da região através dos fazendeiros que se instalaram aqui, firmando o nome de Queimada, a qual pertencia a Paripiranga-BA. Conforme o costume de época, o nome da cidade era colocada baseado no Padroeiro do lugar, onde logo depois, passou a se chamar Bomfim do Coité; e enfim passou a se chamar Adustina, que significa “Terra fértil”, da origem latina, nome este dado pelo professor Francisco de Paulo Abreu.
Praça Antônio Barros, conhecido como Rua Velha. (Foto: Elton Pinho / Adustina.Net)
Praça Antônio Barros, conhecida como Rua Velha.
Citando agora o Marco Zero, que foi na praça Antônio Barros foi onde tudo iniciou, desde a povoação de Queimadas que nasceu a 4 de setembro de 1910, constituindo-se assim um aglomerado de casas simples, em volta de uma pequena capela. Esta praça, antigamente era chamada popularmente como Rua Velha, sendo até hoje adotado esse nome por alguns munícipes, por ser considerada a primeira rua da cidade.
 Religião
Momento histórico: Implantação da pedra fundamental para a construção da Igreja Católica de Adustina no ano de 1977.
Momento histórico: Implantação da pedra fundamental para a construção da Igreja Católica de Adustina no ano de 1977.
Capela da doação de Antônio José de Souza (1910), hoje atual Praça Antônio Barros, popular Rua Velha.
Capela da doação de Antônio José de Souza (1910), hoje atual Praça Antônio Barros, popular Rua Velha.
Nova Igreja Católica de Adustina, cuja a construção foi iniciada em 1977- (fotografia de 1989).
Nova Igreja Católica de Adustina, cuja a construção foi iniciada em 1977- (fotografia de 1989).
Fato curioso: Antigamente as missas eram realizadas sem o teto da Igreja. Mas mesmo assim, as dependências eram lotadas por fiéis.
Fato curioso: Antigamente as missas eram realizadas sem o teto da Igreja. Mas mesmo assim, as dependências eram lotadas por fiéis.
O grupo do penitentes foi fundado por João Gonzaga, e era formado por cinco pessoas, mas com o tempo, esse número foi aumentando, onde hoje existem mais de 12 membros efetivos no tradicional grupo.
O grupo do penitentes foi fundado por João Gonzaga, e era formado por cinco pessoas, mas com o tempo, esse número foi aumentando, onde hoje existem mais de 12 membros efetivos no tradicional grupo.
Agricultura
Foto-Adustina.Net-03
No ano passado, uma equipe da TV Bahia afiliada da Rede Globo de Televisão, comandada pela repórter Georgina Maynart estiveram gravando uma reportagem sobre a agricultura no município.
A cidade de Adustina é considerado uma das grandes produtoras de feijão e milho de inverno da Bahia. A presença de emissora de televisão no município, na época de safra de inverno é constante.
Adustina pela primeira vez em rede nacional
Reportagem sendo gravada para exibição no programa Globo Rural, sobre a agricultura de Adustina. O escritor e agricultor Roberto Santos concede entrevista a emissora.
Reportagem sendo gravada para exibição no programa Globo Rural, sobre a agricultura de Adustina no ano de 1991. O escritor e agricultor Roberto Santos concede entrevista a emissora.
Educação
Quando falamos em Educação não poderíamos jamais esquecer da Professora Deijanira, ilustre educadora que marcou na vida de centenas de adustinenses em suas respectivas fases escolares.
Quando falamos em Educação não poderíamos jamais esquecer da professora Deijanira, ilustre educadora que marcou na vida de centenas de adustinenses em suas respectivas fases escolares.
Açude Público de Adustina
Açude de Adustina - Visão aérea do ano de 2013.
Açude de Adustina – Visão aérea do ano de 2013.
O açude foi construído em 1964, com a finalidade de suprir as necessidades da população da região provocada pelas secas constantes. Sua obra durou cerca de 10 anos, tendo muitos trabalhadores da nossa cidade muito empenhados em sua construção, bem como também pessoas de diversas regiões envolvidas neste processo, um deles foi o senhor Gilvan Pinho que trabalhou desde o seu inicio até o fim, quando da conclusão da obra.
Gilvan Pinho ao lado de sua esposa D. Rosa e o jovem Willamy da família Gonçalves.
Gilvan Pinho ao lado de sua esposa D. Rosa e o jovem Willamy da família Gonçalves.
A construção desse açude proporcionou diversos benefícios para a população, principalmente aos que moravam próximos a ele, como a vinda de peixes para a pesca, ocasião em que, na sua margem foram criados lotes controlados pelo DNOCS (Departamento Nacional de Obras Contra a Seca), sendo também de fundamental importância para o desenvolvimento da agricultura e distribuídos à pessoas da região. Atualmente o açude sofre com a forte estiagem.
Festas Tradicionais
Cerca de 30 mil pessoas lotaram a praça Alice Virgens Vidal na cidade baiana de Adustina, na noite deste sábado (18), no tradicional Adustina Fest. Tamanha aglomeração foi para que todos pudessem ver e curtir o mega show do cantor Leonardo.
Recorde de Público no ano de 2014!!! Cerca de 30 mil pessoas lotaram a praça de eventos no tradicional Adustina Fest. Tamanha aglomeração foi para que todos pudessem ver e curtir o mega show do cantor sertanejo Leonardo.
Falando em Festa, o maior evento na cidade sem dúvida nenhuma é a festa de janeiro que acontece tradicionalmente nos dias 14, 15 e 16 de janeiro, em homenagem ao seu padroeiro, Senhor do Bonfim. Vários nomes já foram implementados para a nomenclatura oficial da festa de janeiro pelos diversos gestores: Festa Senhor do Bonfim, Adustina Folia e atualmente se chama Adustina Fest. O cantor Amado Batista e o sertanejo Leonardo, bateram recordes de públicos, levando multidão jamais vista em festas da região.
amado batista
Amado Batista no ano de 2006, no Adustina Fest.
Cantor Leonardo posa para foto ao lado da garotinha Bia.
Antes do show, cantor Leonardo posa para foto ao lado da garotinha Bia (Ano de 2014).
Outro evento de tradição no município é a festa dos tratoristas, festa essa criada pelo Sr. Osman Ferreira de Santana e a Sra. Leonia Guilherme de Santana, em homenagem aos grandes ‘heróis da terra’. Esta festa acontece nos dias 30 e 31 de maio. Pela noite a festa é animada com artistas e bandas de renome nacional e regional.
tratoristas
Festa dos Tratoristas é comemorado nos dias 30 e 31 de maio.
O Arraiá do Itamar é realizado na Escola Municipal Presidente Itamar Franco, localizado na Avenida José Joaquim de Santana. A programação do evento conta com shows de bandas, apresentações de quadrilhas, casamento de tabaréu, gincanas, entre outras atividades. O arraiá do Itamar é realizado geralmente no mês junino.
procissão de barcos
Procissão de barcos no açude de Adustina – década de 90.
A festa do Açude público do Bom Jesus dos Navegantes, foi criado pelo antigo chefe do açude, o saudoso Sr. Gilvan Pinho. Nesta tradicional festa reúne-se um grande número de barracas à beira do açude, além da procissão de barcos carregando o seu padroeiro Bom Jesus. A festa do açude acontecia entre os dias 20, 21 e 22 de outubro, mas atualmente a festa está suspensa.
Procissão do Bom Jesus dos Navegantes - Ano 1987.
Procissão do Bom Jesus dos Navegantes – Ano 1987.
Artistas da terra
Gil
Vários artistas prata da casa na área musical surgiram no decorrer desses 25 anos de emancipação. Podemos citar: Cantor Gil Duarte “O Mourão”, Nonozão Gonzaga, João do Cedro, Joza Sanfoneiro, Cantor Acrísio,  Leandro O Fera da Pisadinha, Banda ASFA, Banda Stylo Alves, Banda NR7, Musical Novo Som, Amado John, entre outros.
Poder Executivo
executivo
Adustina durante esses 25 anos de emancipação teve a frente da administração da cidade somente três gestores, Manoel Vieira de Santana (Bebé): 1990/1992; 1997/2000; 2001/2004 e 2009/2012. Antônio Gomes de Santana (Tonho de Salú): 1993/1996. José Aldo Rabelo de Jesus (Zé Aldo):  2005/2008 e 2013/2016.
Poder Legislativo
Primeiros Legisladores de Adustina
1ª Vereadores
A primeira Câmara Municipal de Adustina era composta pelos seguintes vereadores: “Bié, Menêz, Zé do Bode, Givaldo, Valdir de Henrique, Tonho de Poço Verde, Detinho e Mazinho”.
ver
 A Câmara de Vereadores de Adustina atualmente possui 09 Parlamentares. Os vereadores da gestão atual são: Presidente da Câmara: Vereador Francisco Gilberto Silva Oliveira (PP), Leonia Guilherme Carvalho de Santana (PMDB), Antônio Vieira Dias (PSD), Josefa Claudicelma do Nascimento (PDT), Paulo Sérgio Oliveira dos Santos (PSDB), Gidelson Batista Duarte (PSD), Orlancio dos Santos Santana (PV), Gilton Rabelo Andrade (PT) e Gisélia Vieira de Andrade (PDT).
Curiosidades!!!
onibus
Ônibus da Empresa Bom Jesus, primeira empresa de transporte coletivo da região – década de 1950. Segundo relatos, era o único ônibus que fazia a linha de Adustina a Salvador.
Percílio da Cruz
SAMSUNG DIGIMAX A503
Percílio da Cruz, também conhecido por Percílio de Matias – foi o primeiro a instalar em Adustina um posto de gasolina. Também organizou na cidade um clube recreativo, conhecido popularmente como Clube de Percílio. Foi no Clube de Percílio que grandiosos bailes aconteceram em Adustina, são poucos os moradores que não se recordam das festas do clube. No passado, este popular  personagem da história adustinense também foi delegado de polícia.
Construção da SME
O antes e depois da construção da Secretaria Municipal de Educação de Adustina.
O antes e depois da construção da Secretaria Municipal de Educação de Adustina.
Construção da Igreja Matriz
A igreja Matriz Senhor do Bonfim de Adustina em pleno alicerce.
A igreja Matriz Senhor do Bonfim de Adustina em pleno alicerce.
Política
Antônio Gomes de Santana, ACM e Manoel Vieira de Santana.
Antônio Gomes de Santana, ACM e Manoel Vieira de Santana.
Eleições Municipais
Quem votou na primeira eleição em Adustina, deve recordar de uma das primeiras cédulas de votação utilizadas na época.
Quem votou na primeira eleição em Adustina, deve recordar de uma das primeiras cédulas de votação utilizadas na época.
Comércio Tradicional
E quem não tem saudade do comércio mais tradicional de Adustina na época. A farmácia e loja de tecido do Sr. Zé de Catonho.
E quem não tem saudade do comércio mais tradicional de Adustina na época. A farmácia e loja de tecido do Sr. Zé de Catonho.
Bodega de João Afuca na época.
Bodega de João Afuca na época.
Prefeitura
Primeira prefeitura de Adustina.
Primeira prefeitura de Adustina.
Parabéns a todos os Adustinenses!!!
ADUSTINA.NET
COMPROMISSO E CREDIBILIDADE EM INFORMAR
(Texto: Elton Pinho / Adustina.Net / Fotos: Roberto Vasconcelos e Elton Pinho)

0 comentários:

Postar um comentário