Pages

terça-feira, 15 de abril de 2014

Homens invadem o Hospital Clériston Andrade e matam paciente


Um crime chocante foi registrado na noite deste sábado (12), na clínica cirúrgica do Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana. Fabrício Lima dos Santos, 22 anos, que estava internado vítima de dois tiros, foi assassinado dentro da unidade hospitalar, por volta das 22h, quando dois homens armados com pistolas ponto 40 invadiram o local pela porta dos fundos, que dá acesso ao necrotério.

Segundo testemunhas, os criminosos dominaram uma enfermeira que estava de plantão, ameaçando-a de morte caso reagisse. Em seguida, entraram na clínica que estava cheia de pacientes graves e deflagraram vários tiros contra o paciente, que morava na Avenida 7 de Setembro, no bairro Jardim Acácia.

A vítima tinha sido levada para o hospital por volta do meio-dia após ter sido baleada por dois homens nas proximidades do Colégio Assis Chateaubriand, no bairro Sobradinho. Os homens que atiraram contra ele no período da manhã estavam em uma moto. De acordo com a ocorrência do livro de registro do hospital, eles são conhecidos como Peroba e Vandinho.

De acordo com o capitão José Luiz, sub-comandante da 67ª CIPM (Companhia Independente da Policia Militar), a suspeita é que os criminosos entraram no HGCA, após pular o muro do conjunto Residencial Luiz Eduardo Magalhães. “Eles não tinham como ter acesso pela frente do hospital. Aqui além dos policiais de plantão, tem os seguranças que controlam a entrada e saída de pessoas”, afirmou. Ele acredita que a ação foi planejada porque os homens já sabiam exatamente o setor onde a vítima estava internada. “Isso foi uma tragédia”, lamentou o militar.

A delegada Clécia Vasconcelos, da Delegacia de Homicídios (DH), realizou o levantamento cadavérico. Os peritos do Departamento de Polícia Técnica não souberam precisar a quantidade exata de tiros que atingiram Fabricio Lima.

Fuga- Após cometerem o crime, os homens fugiram por uma porta nos fundos, que dá acesso à área da 2ª Dires, em duas motocicletas que estavam estacionadas em frente ao local. “Foi uma fuga espetacular, daquelas de filmes de ação”, afirmou uma testemunha.


Acorda Cidade

0 comentários:

Postar um comentário