Pages

domingo, 27 de abril de 2014

Polícia registra redução de crimes ocorridos no Micareta de Feira

A polícia Civil e Militar divulgou na manhã desta sexta-feira (25) o balanço dos primeiros dias, contando com a quarta-feira (23), dia não oficial, da Micareta de Feira de Santana. Houve redução no número da maioria dos crimes, em comparação aos números do ano passado. Por outro lado, houve aumento no número de conduções às delegacias para averiguação.


O comandante do CPRL (Comando de Policiamento Regional Leste), coronel Adelmário Xavier, lembrou que as pessoas estavam receosas devido à situação pós-greve da PM, mas ele destacou que tem mostrado aos companheiros que a sociedade precisa do apoio e da presença dos policiais. “Estamos com um policiamento muito grande no circuito e também fora dele”, informou. Sobre a falta de equipamentos para revistar os foliões nos portões que dão acesso ao circuito, Adelmário disse que o prazo para programar o trabalho dos policiais durante a festa foi pequeno, já que havia um impasse sobre a realização ou não da Micareta. “A gente teve dois dias para programar essa festa, depois da certeza de que a Micareta iria acontecer. Fomos ajustando aos poucos. Os detectores existem, estavam carregando e hoje já devem funcionar”, disse.


delegado Ricardo Brito também falou sobre os índices reduzidos nos primeiros dias de festa. Ele destacou a integração do trabalho da polícia militar e civil. “Com essa integração, obtivemos resultados positivos. Além disso, a criação da central de flagrantes, específica para o Denarc, com a atribuição de tirar do circuito os usuários de drogas e traficantes, é um dos pontos positivos”. O tenente coronel Antunes avaliou os primeiros dias de trabalho como positivos. Segundo ele, uma das poucas ocorrências que ocorreu no circuito Maneca Ferreira foi um protesto de vendedores ambulantes, que provocaram um pequeno incêndio, que logo foi controlado pelo Corpo de Bombeiros. “Esses ambulantes tiveram seus isopores apreendidos, pois não poderiam entrar no circuito e por isso fizeram o protesto. Nós fazemos um trabalho integrado com a prefeitura, com a Ciretran e outros órgãos. Tivemos vistoria em carros de apoio, trios, restaurantes, com a intenção de fazer toda uma prevenção para garantir que os foliões brinquem com tranquilidade”, afirmou. 


Rede News Bahia

0 comentários:

Postar um comentário