Pages

domingo, 14 de setembro de 2014

Justiça nega pedido de Geddel para que sua imagem seja dissociada da de Aécio

Justiça nega pedido de Geddel para que sua imagem seja dissociada da de Aécio
Foto: Divulgação
O candidato ao Senado na Bahia, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), teve seu pedido à Justiça para desvincular o seu nome com o do postulante à presidência da República Aécio Neves (PSDB), no programa eleitoral de Otto Alencar (PSD-BA), negado. A solicitação foi feita ao TRE porque o atual vice-governador estaria utilizando a publicidade para degradar e difamar a imagem do peemedebista. No programa de Otto, a apresentadora empurra uma placa com os nomes de Geddel e de Aécio. Em seguida diz: "Acabou o programa do candidato a senador de Aécio. Agora vai começar o programa do senador de Lula". De acordo com a última pesquisa Ibope, Geddel lidera com 36% das intenções de voto e Otto vem em segundo, com 27%, mas já cresceu 10 pontos percentuais. 
 
Bahia Notícias

0 comentários:

Postar um comentário