Pages

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Bahia: Paulo Souto lamenta derrota nas urnas



Derrotado no primeiro turno com 40% dos votos válidos, contra 57,7% do petista Rui Costa, o democrata Paulo Souto esteve em seu comitê central ontem à noite, na Avenida Tancredo Neves, logo após a apuração de 90% das urnas na Bahia. Acompanhado do prefeito de Salvador, ACM Neto, e do aliado, eleito a deputado federal, José Carlos Aleluia, o democrata parabenizou o adversário e disse não poder diagnosticar, no momento, a reviravolta no resultado para o governo baiano, mas admitiu que a força da presidente da República, Dilma Rousseff, pode ter ajudado o petista. Souto mostrou-se satisfeito com a vitória expressiva da bancada do Democratas e partidos aliados na Assembleia Legislativa da Bahia e na Câmara dos Deputados, em Brasília, e afirmou que o número de votos que obteve demonstra a força política da oposição em solo baiano. “Os democratas e associados fizeram bancadas expressivas tanto na Câmara dos Deputados como na Assembleia Legislativa. Continuamos uma força política muito importante no Estado e o partido está preparado para futuras batalhas. Eu diria que temos uma figura de expressão que é ACM Neto, que realiza uma bela administração em Salvador, e é um quadro que vai ter missões importantíssimas no futuro da política”.(Tribuna)

0 comentários:

Postar um comentário