Pages

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Assassino do Capitão José Roberto morre em confronto com Polícia

Jonilso morreu durante uma troca de tiros coma Polícia
Jonilso Pereira Costa, acusado de matar o capitão e subcomandante da 44ª Companhia Independente da Polícia Militar de Medeiros Neto, José Roberto dos Santos, morreu durante uma troca de tiros com a Polícia por volta das 22 horas deste domingo, 21 de dezembro.

De acordo com informações, Jonilso foi abordado próximo a um hotel no bairro Nova América, na saída para Alcobaça e acabou atirando contra os policiais que revidaram, durante  o confronto ele acabou sendo baleado. A Polícia socorreu o acusado, mas Jonilso já chegou no hospital sem vida.
A morte do capitão
O capitão José Roberto levou três tiros e morreu na hora
O capitão José Roberto dos Santos, foi assassinado no final da tarde, horas antes do confronto policial. O crime aconteceu na rua Paraguaminas, no bairro Bela Vista, em Teixeira de Freitas.
Segundo testemunhas, o policial estava em um bar e o assassino, que já tinha passagem pela Polícia de Eunápolis, discutia com a mulher. Em meio à discussão, o policial tentou interferir e teve a arma tomada por Joanilso. Depois de atirar contra o capitão, o assassino fugiu em uma motocicleta azul, levando a arma da vítima.
De acordo com o perito criminal Manoel Gomes Garrrido, da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia Técnica, o policial foi morto com dois tiros no lado esquerdo, dois nas costas e um na barriga.
O Capitão José Roberto dos Santos entrou para a Polícia Militar em 2004 e em fevereiro deste ano assumiu o posto de subcomandante, em Medeiros Neto, onde também era coordenador do Núcleo de Formação de Soldados.

Sul Bahia News

0 comentários:

Postar um comentário