Pages

terça-feira, 17 de março de 2015

Governo atende principais reivindicações do MST

Itens relacionados à educação dos membros do Movimento dos Sem Terra (MST), ao apoio aos assentamentos na Bahia para que todos se tornem produtivos, capacitação técnica dos produtores e mecanização da produção, além da estruturação das cadeias produtivas. Estes foram alguns dos principais pontos acordados com o MST e o Governo do Estado, anunciados pelo governador Rui Costa nesta terça-feira (17) para mais de dois mil membros do movimento, na porta da Governadoria, após reunião com lideranças do MST. Rui também disse que vai intervir junto ao governo federal para acelerar a reforma agrária e garantir a propriedade de terra para os acampados.“Alguns itens já estão em andamento e vão ter continuidade, como a recuperação das estradas, o apoio à capacitação técnica dos produtores e à mecanização da produção. Também vamos ajudar na estruturação das cadeias produtivas, como a do leite, dos caprinos e ovinos, enfim, estruturar e tornar todos os assentamentos produtivos”, afirmou o governador. Sobre as pessoas que ainda não tiveram acesso à terra, Rui disse que “vamos, junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, levar a voz do governador para que isso aconteça o mais rápido possível”.Rui lembrou da força do MST no estado. “Nós precisamos ter uma solução imediata para o estado da Bahia, onde tem o maior número de acampados esperando que a reforma agrária aconteça o mais rápido possível”.O coordenador nacional do MST, Márcio Matos, disse que a primeira sinalização política de apoio do Governo do Estado foi a criação da Secretaria de Desenvolvimento Rural para cuidar de forma específica da agricultura familiar e da reforma agrária. “Isso foi uma sinalização de que o governo vai priorizar a reforma agrária e os assentamentos. Também desde o início do ano nós estabelecemos diálogo com os secretários do Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, da Casa Civil, Bruno Dauster, e com outros setores do governo para tratar das reivindicações do MST e dos assentados do nosso estado”.Juntamente com o governador, participaram da reunião com lideranças do MST os secretários estaduais da Casa Civil, Bruno Dauster, da Educação, Osvaldo Barreto, de Relações Institucionais, Josias Gomes, de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, e o sub-secretário estadual de Saúde, Roberto Badaró. Fotos: Raul Golinelli/GOVBA...........................................................................................................Secom  - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

0 comentários:

Postar um comentário