Pages

sexta-feira, 3 de abril de 2015

RIBEIRA DO POMBAL REGISTRA O TERCEIRO HOMICÍDIO DO ANO, E CRIMINOSOS SÃO PRESOS EM TUCANO

Por volta de 14h30min de quinta-feira 02, policiais civis de Ribeira do Pombal foram informados de que um homem teria sido assassinado na Faz. Cascalheira, zona rural da cidade.

Os policiais se dirigiram até o referido local, onde constataram a veracidade do fato. A vítima, Angelo Marcos Barreto Santos, 37 anos, teria sido atingida supostamente por golpes de faca, além de disparos de arma de fogo (espingarda de Socar). De acordo com testemunhas, o crime ocorreu após uma discussão entre autores e vítima, que originou uma luta corporal, finalizando tragicamente com o homicídio.

Os criminosos fugiram para um destino ignorado. Quanto à motivação do crime, ninguém soube informar.

Prisão

Por volta das 23h40min de quinta-feira 02, cerca de nove horas após o crime, policiais Rodoviários Federais abordaram três homens que estavam em atitude suspeita no quilometro 33 da BR 410, acesso à cidade de Tucano-BA.

Os agentes federais desconfiaram do trio, pois nenhum deles possuía documentos de identificação, sendo conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Ribeira do Pombal, onde foi reconhecido pelo agente plantonista, como os principais suspeitos da autoria do homicídio na Faz. Cascalheira.

Trata-se de José Carlos Amador dos Santos, José Messias dos Santos e Romildo Jesus dos Santos, todos nascidos em Ribeira do Pombal e moradores do Povoado Tapera. Após interrogatório, ambos teriam confessado a autoria do crime.

De acordo com policiais, José Carlos é um velho conhecido, já que cumpriu pena na Penitenciária Lemos de Brito, por um homicídio cometido há aproximadamente nove anos em Tucano-BA.

Fuga

Em depoimento na Delegacia de Ribeira do Pombal, o trio afirmou que fugiu pela mata, e que todo percurso foi realizado andando, até chegar a Tucano.

Zona Rural

Esse é o terceiro homicídio registrado em Ribeira do Pombal em apenas três meses, sendo que todos aconteceram na Zona Rural da cidade, e coincidentemente na mesma região, já que a Faz. Cascalheira fica próxima ao Povoado Tapera, local onde ocorreram os outros dois homicídios do ano.

Informações e fotos> Pombal Alerta

0 comentários:

Postar um comentário