Pages

domingo, 24 de julho de 2016

Caravelas: Suspeito alega que não notou que espancava criança de 8 por causa de capacete

Um dos suspeitos de assaltar e matar um menino de 8 anos em Caravelas, no sul da Bahia, alegou não ter notado que a vítima era criança. Ele e o comparsa foram presos pela polícia poucas horas após roubarem a moto em que estava Valdeixo Lisboa dos Santos, de 49 anos, e seu filho Felipe Gomes Lisboa (entenda aqui). Os acusados, de 15 e 16 anos, teriam se escondido no matagal ao lado de uma estrada e, depois de surpreenderem as vítimas, espancaram pai e filho e os abandonaram no acostamento. De acordo com o comandante da CIPE/Mata Atlântica, major Ronivaldo Pontes, a dupla disse que utilizou dois pedaços de madeira para atacar as vitimas e roubar a moto. “Um deles chegou a dizer que  o uso o capacete não possibilitou visualizar que entre elas estava uma criança”, contou. Ainda segundo o oficial, o crime causou grande comoção entre moradores da região. Os suspeitos já eram investigados por assaltos a motociclistas na região e um deles é investigado por participação em outro latrocínio, segundo informou o responsável pela Coordenadoria de Polícia o Interior. A moto roubada pela dupla, assim como os artefatos utilizados no crime, foram apreendidos pela Polícia Militar.
Bahia Notícias

0 comentários:

Postar um comentário