Pages

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Em março, vidente previu acidente de avião com 'um time inteiro de futebol'

Carlinhos Vidente fez a previsão em março deste ano, no programa 'Olga Bongiovanni'
Rio - Um vidente pode ter previsto o acidente de avião que o time da Chapecoense sofreu nesta terça-feira. Convidado para fazer previsões para 2016 no programa "Olga Bongiovanni", Carlinhos Vidente disse que "um time inteiro de futebol vai morrer num avião".




Carlinhos Vidente no programa 'Olga Bongiovanni' Reprodução Internet

"Vou contar uma [previsão] de primeira mão também: um time inteiro de futebol vai morrer num avião. Marca o que estou falando para vocês. Isso vai acontecer em um ano ou um ano e meio", disse Carlinhos Vidente, em março deste ano.
"Mas é um time do Brasil", perguntou Olga. "Essa é a pergunta. Não deu para levantar ainda se é um time do Brasil ou um time de fora", respondeu o vidente.
Avião da Chapecoense cai e deixa 76 mortos
Uma tragédia deixou o Brasil de luto na madrugada desta terça-feira. O avião que levava a equipe da Chapecoense para a Medellín, na Colômbia, caiu nas proximidades da cidade deixando pelo menos 76 mortos, segundo as últimas informações das autoridades colombianas. 
O avião tinha 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros, entre delegação e jornalistas, e 9 tripulantes. Seis pessoas sobreviveram: o lateral-direito Alan Ruschel (Alan Luciano Ruschel), o goleiro reserva Follmann (Jackson Ragnar Follmann), o zagueiro Neto (Helio Hermito Zampier Neto) e o jornalista Rafael Henzel, além dos tripulantes Erwin Tumiri e Ximena Suárez. O goleiro Danilo (Marcos Danilo Padilha), herói da classificação à final da Copa Sul-Americana, foi resgatado com vida pelos bombeiros, mas morreu no hospital por voltas das 9h30 (horário de Brasília).
A Chapecoense faria, na quarta-feira, o primeiro confronto da decisão da Copa Sul-Americana com o Atlético Nacional, no que seria a maior partida da história do clube de Santa Catarina. A Confederação Sul-Americana já cancelou a partida e se colocou à disposição dos envolvidos. Uma das possibilidades é o avião ter sofrido pane elétrica. Os sobreviventes estão sendo levados para dois hospitais da região próxima ao aeroporto Jose Maria Córdoba, em Rionegro, nas imediações de Medellín, um deles é o San Juan de Dios.
 Fonte: http://odia.ig.com.br

0 comentários:

Postar um comentário