Pages

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Prêmio da Mega da Virada já chega a R$ 225 milhões

A poucos dias do fim de 2016, cresce a expectativa para o sorteio da Mega-Sena da Virada. Este ano, o prêmio está acumulado em R$ 225 milhões até agora e pode aumentar até o sorteio, que ocorre no sábado (31), às 21h. As apostas para garantir uma vida milionária já fazem parte dos rituais de mudança de ano de muitos brasileiros. As apostas para a Mega da Virada podem ser feitas até às 14h (horário de Brasília) de sábado em qualquer casa lotérica do país. Para quem joga seis números, o valor da aposta é de R$ 3,50. Já o Bolão Caixa, que é a aposta feita em grupo, tem o valor mínimo de R$ 10 nas casas lotéricas. A probabilidade de acerto para quem jogou seis dezenas é de uma em 50.063.860. A premiação da Mega da Virada ocorre em três faixas: para apostadores de seis, cinco e quatro números. Se ninguém acertar as seis dezenas, o prêmio é dividido com os que acertaram cinco números. Não havendo acertadores de cinco, o prêmio é rateado entre os que acertaram quatro números. Se persistir a ausência de vencedores, o valor é acumulado para o concurso seguinte. Segundo a Agência Brasil, desde 2009, quando ocorreu o primeiro concurso da Mega Sena da Virada, 28 brasileiros acertaram as seis dezenas. No primeiro ano, o prêmio de R$ 144,9 milhões foi dividido entre dois vencedores. O maior prêmio acumulado foi sorteado em 2014, quando quatro apostadores dividiram R$ 263, 2 milhões. O ano passado teve o maior número de vencedores na faixa principal: seis apostadores (três deles do Espírito Santo) dividiram o valor de RS 247 milhões. Até hoje não houve vencedor solitário na primeira faixa de premiação.
Bahia Notícias

Adustina: Programação para a posse dos Vereadores, Vice e Prefeito

ADUSTINA: Prefeito Paulo Sérgio Vice Loirinha e os 11 Vereadores tomarão posse dia 1 de Janeiro as 10:00 hs da manhã na Câmara Municipal de Vereadores de Adustina.Toda sociedade Adustinense é convidada a está presente neste momento que ficará marcado na História politica do nosso município.
PROGRAMAÇÃO:
AS 10:00 HS ]: POSSE DOS VEREADORES, VICE PREFEITA E PREFEITO.
17:00 HS: MISSA SOLENE
20: 00 HS: SHOWS NA PRAÇA DA FEIRA
MARCOS CASTRO
RONALDO SANTOS
E PEGADA QUENTE

Fonte: Facebook de Paulo Sérgio.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Traficantes colocam faixa e ameaçam atirar em moradores que jogarem lixo na rua

Uma faixa colocada na favela do Sapo, em Senador Camará, zona oeste do Rio, intimida os moradores a não jogarem lixo nas ruas. O recado seria do grupo que controla o tráfico de drogas na comunidade. A notificação, de “ordem superior” como aponta o cartaz”, diz que o morador que desobedecer a ordem e jogar lixo ou entulho no chão será punido com um “tiro na mão”. As exceções são terças e quintas à noite, como informa a mensagem.




Uma foto da faixa foi publicada em uma rede social e está causando polêmica. Para o especialista em segurança Paulo Storani, o recado só comprova a relação de medo existente entre tráfico e morador.




— É a comprovação da forma como os criminosos, tanto os traficantes como os milicianos, agem sobre a comunidade, coagindo por meio de ameaças explicitas, como essa, ou veladas. Pelo medo eles conseguem mobilizar a comunidade.




A Polícia Civil afirmou que o caso vai ser investigado pela delegacia da área. A Comlurb informou que realiza coletas diárias na região.
Fonte: portaldenoticias.net

VEM AI O XVI FEIJÃO FEST 2016 EM FÁTIMA – BAHIA (16 E 17 DE DEZEMBRO)

15241947_1645826402382125_6815553184673088702_n

Citado em delação, Jaques Wagner rebate acusações: 'repleta de inverdades'

Jaques Wagner
Crédito: Agência Brasil
O ex-governador e coordenador do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Bahia (Codes), Jaques Wagner, comentou neste domingo (11) a depoimento de delação premiada do ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht, Cláudio Mello Filho, que o cita entre os políticos que pediram e receberam dinheiro da empreiteira.
 "Trata-se de uma delação repleta de inverdades", afirmou o petista em nota.  Wagner ainda informou ter estranhado o conteúdo e a divulgação de uma delação que ainda não foi homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Na delação, Mello Filho afirma que o ex-ministro pediu apoio financeiro durante um almoço em Brasília e que Marcelo Odebrecht aceitou fazer o repasse, apesar de ter demonstrado incômodo, por não acreditar que sua candidatura teria êxito. “Acredito que tenham ocorrido pagamentos de até R$ 3 milhões de forma oficial e via caixa 2”, disse o executivo em depoimento.
No comunicado, Jaques Wagner destacou que o relacionamento que teve com Claudio Mello e com qualquer representante de outras empresas “sempre foram norteados na defesa dos interesses do estado da Bahia”. "Estou absolutamente tranquilo porque não houve qualquer ato ilícito. Vou  defender de forma intransigente o completo esclarecimento dos fatos porque a sociedade tem o direito de conhecer a verdade", concluiu.
Chico Sabe Tudo

Virou bagunça: Prefeito baiano não cumpre liminar e cita caso Renan Calheiros

O prefeito Antônio Henrique de Souza Moreira desafiou a Justiça baiana ao não cumprir Medida Liminar concedida em favor do Sindicato dos Servidores Municipais de Barreiras (Sindsemb) que obriga o Executivo a recolher e repassar ao Sindicato o percentual de um por cento sobre a folha salarial dos servidores municipais de Barreiras, no Oeste da Bahia.   
De acordo com Carmélia da Mata, presidente do Sindsemb, apesar da legalidade dos descontos na folha de pagamento, autorizado pelos servidores filiados, o prefeito, de forma arbitrária e perseguidora, suspendeu o recolhimento e o repasse ao sindicato.   

“Ele vem desrespeitando uma decisão judicial proferida pela Juíza de Direito Marlise Freire Alvarenga da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Barreiras, que obriga o executivo a suspender a portaria 003/14 publicada pelo prefeito, mantendo os descontos das contribuições mensais devidas ao sindicato retroativas ao mês de fevereiro de 2014, sob pena de incorrer em crime de desobediência”, disse a sindicalista, enfatizando que apesar da multa diária de R$ 5 mil, impetrada pela magistrada, o gestor se nega a cumprir a medida liminar.   

O prefeito por sua vez citou o caso do senador Renan Calheiros que descumpriu uma liminar da Suprema Corte que é a maior instância da Justiça brasileira. O impasse está criado no Brasil. 

Carlino Souza

Adulteração em presépio na Suíça coloca 'Maria' em posição sexual com 'José'


Adulteração em presépio na Suíça coloca 'Maria' em posição sexual com 'José'
Foto: Reprodução / Twitter @Gjallarhornet
Uma alteração no presépio colocado em uma rua de Lucerna, na Suíça, tem gerado revolta entre os católicos da cidade. A representação de Maria foi colocada em posição sugestiva, como se a mãe do menino Jesus estivesse fazendo sexo oral em José. O criador do presépio, Franz Schumacher, considerou a situação uma "brincadeira desrespeitosa". "Isso me dói bastante. Eles não têm ideia do que isso ofende. Mas eles não conseguem raciocinar, já que provavelmente estão mergulhados em álcool", criticou Franz, segundo o Page Not Found, blog de O Globo. O porta-voz da igreja em Lucerna, Urban Schwegler, condenou o ato de vandalismo "inaceitável". "Não se pode tolerar que alguém viole os sentimentos religiosos e outros", declarou. Fieis da Igreja Católica classificaram o episódio como "vergonhoso", feito por "pessoas estúpidas". 
Bahia Notícias

Rodrigo Maia pede que STF decida sobre andamento do impeachment de Temer

Rodrigo Maia pede que STF decida sobre andamento do impeachment de Temer
Foto: Luis Macedo/ Câmara dos Deputados
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) pediu que o Superior Tribunal Federal (STF) defina o andamento do pedido de impeachment de Michel Temer. O parlamentar respondeu a um ofício enviado pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF, cobrando a instalação de uma comissão para analisar o pedido de afastamento do presidente. Em abril, o magistrado concedeu uma liminar ordenando o então presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a dar prosseguimento ao processo nos moldes do que aconteceu com a ex-presidente Dilma Rousseff. "Levando em conta o elevado ônus institucional acarretado pela instauração de procedimento destinado a autorizar a abertura de processo de impeachment em desfavor do presidente da República, e considerando que a medida liminar deferida já completa oito meses de vigência, esta presidência solicita o apoio de Vossa Excelência para, em havendo possibilidade, levar a matéria a julgamento do plenário desse E. Tribunal até o encerramento deste ano judiciário ou, alternadamente, o mais brevemente possível", diz o documento enviado por Maia. O pedido de impeachment formulado pelo advogado Mariel Marley Marra sustenta que Temer cometeu o mesmo crime que Dilma ao assinar decretos que abriram créditos suplementares, sem autorização do Congresso, incompatíveis com a meta de resultado primário. Na última quinta-feira (8), movimentos sociais protocolam outro pedido impeachment argumentando que o presidente cometeu crime de responsabilidade atuando em favor de um interesse particular do ex-ministro Geddel Vieira Lima no caso do empreendimento La Vue, projetado para ser construído no bairro da Barra.

Bahia Notícas

Lula, Palocci e Marisa são indiciados pela Polícia Federal na Lava Jato

Lula, Palocci e Marisa são indiciados pela Polícia Federal na Lava Jato
Foto: Reprodução/RTP
O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro da Fazenda, Antônio Palocci, a ex-primeira-dama, Marisa Letícia, e outras quatro pessoas foram indiciadas pela Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato. O indiciamento do ex-presidente está relacionado ao crime de corrupção passiva em dois casos: compra de um terreno que seria utilizado para construção de uma sede do Instituto Lula e aluguel do apartamento em frente à sua residência. Segundo o G1, a Polícia Federal aponta que os dois casos se tratam de pagamento de propina da Odebrecht a Lula. Os demais foram indiciados por lavagem de dinheiro.

Bahia Notícias

sábado, 3 de dezembro de 2016

Avião da Lamia tinha 15 minutos de autonomia quando pousou com seleção argentina

Apontada como principal causa do acidente que vitimou a Chapecoense e deixou 71 mortos, a falta de combustível quase não resultou em outra queda do avião da LaMia. A mesma aeronave trouxe a seleção da Argentina para o Brasil para um jogo realizado em Belo Horizonte. De acordo com o jornal Extra, quando os bicampeões do mundo desembarcaram, em novembro deste ano, a aeronave tinha combustível suficiente para apenas mais 15 minutos de autonomia para se manter no ar. A Rádio Red, de Buenos Aires, teve acesso a uma conversa privada entre o ministro dos Transportes do país, Guillermo Dietrich, em que ele comentaria sobre a informação, transmitida por um informe técnico do Aeroporto de Ezeiza, de onde a seleção decolou. Pelas regras internacionais, as aeronaves teriam que ter combustível suficiente para a viagem e mais 30 minutos de autonomia do ar, além de um extra para chegar a um aeroporto alternativo. Porém, com 15 minutos, a LaMia poderia ter a mesma pane caso houvesse imprevistos no espaço aéreo de Belo Horizonte e demorasse para ter autorização de pousar em Confins. Após o acidente com a Chapecoense, a Associação do Futebol Argentino (AFA) decidiu buscar outra empresa para negociar o serviço de transporte aéreo da seleção e de clubes do país.
Bahia Notícias